Ao começar o planejamento de uma sessão, é normal olhar para o início como algo lógico, que você deve usar para planejar o resto da sessão, no entanto, isto está longe de ser assim. Ao planejar do início ao fim, é importante entender que onde você começa não é onde você vai terminar, portanto, desde o início do seu planejamento você deve estar com o fim em mente. Neste blog, vou explorar o que você pode precisar levar em consideração ao planejar uma sessão.

Todos planejam de formas diferentes…

Uma vez tive que dar uma sessão planejada por outra pessoa e achei incrivelmente difícil. Por quê? O processo de como eu planejava era diferente e eu era incapaz de entregar o que me foi pedido da forma que deveria. Entretanto, outro indivíduo foi capaz de pegar o plano da sessão sem problemas e entregá-lo como deveria ser feito. Este exercício me fez perceber que o processo que eu sigo para planejar é único para mim e não deve ser subestimado, por eu não gastar tempo tanto para segui-lo quanto para melhorá-lo. Da mesma forma, se você está fornecendo um planejamento para outros, é importante compartilhar o processo que você seguiu a fim de dar a sessão que está fornecendo para eles.

As formas de planejar um treino variam de uma pessoa para pessoa, e, em um mundo que oferece a assistência da tecnologia para nos ajudar a planejar, é muito importante que deixemos as pessoas planejarem da forma eficaz para elas, com base naquilo que se sentem confortáveis. Portanto, como treinador, eu o desafiaria a forma como você gosta de planejar e por quê? O que te faz planejar dessa maneira? É que você é forçado pelo tempo, ou acha o uso de computadores um desafio ou talvez prefira usar sessões que você já tenha em mente e em um segundo você é capaz de analizar o que é o melhor para entregar? Portanto, eu recomendaria que os treinadores refletissem sobre esse desafio para entender por que eles planejam da maneira que eles planejam:

Desafio:

Da maneira que você desejar, veja estas considerações para saber como você planeja seu treino atualmente:

Lugar que você planeja, ou seja, computador, no papel, etc.
Tempo gasto no planejamento de uma sessão
Você sempre segue o plano da sessão?
Para quem é o plano da sessão?
Você revisa atualmente suas sessões? Em caso afirmativo, você se se baseia nessa revisão para planejar sessões futuras?
O que você mais gosta sobre a forma que você planeja?
O que você acha que poderia ser melhorado na forma como você planeja?

A razão pela qual é importante entender por que você planeja e como planeja é que isso irá ajudá-lo a entender em que áreas você precisa focar para melhorar o planejamento das suas sessões. Por exemplo, pode ser que você perceba que através do planejamento no papel você tenha dificuldade para rever e arquivar suas sessões, ou outro exemplo pode ser que você esteja gastando muito tempo planejando.

Abordagem do Planejamento:

Objetivo da Sessão – Ao planejar sua sessão, você precisa olhar quais são os objetivos para melhorar seus jogadores. Isto pode variar desde fazer repetições para fixar uma ideia até aprimorar uma determinada área que você sinta necessidade. Durante o planejamento de sua sessão, você deve sempre ter os objetivos em mente, tanto para seu grupo quanto para seus jogadores de forma individual.

Jogadores individuais – Os jogadores de forma individual devem ser o foco do seu planejamento. Abordar o planejamento focando em pontos de treinamento para o grupo é importante, mas não tão importante quanto o jogador individual. Talvez seja necessário analisar o objetivo e quais jogadores são ideais para você focar durante a sessão. O planejamento para cada jogador deve ser o foco principal de qualquer planejamento do treinador.

Tópico de treinamento – Uma vez definimos os objetivos para seus jogadores, bem como com quais indivíduos você trabalhará, agora é hora de começar a planejar qual é o tópico ou tema para sua sessão, isto é, quais são os princípios do tópico e os pontos de treinamento? O objetivo principal da sessão definirá o que você deseja alcançar, os detalhes que deve focar, e como você planeja ajudar cada jogador o ajudará a dar vida ao seu treino.

Projeto da Prática e Desafios – Seu projeto permitirá que você, como treinador, veja como você planeja cada parte de sua sessão e como implementa seu planejamento. O desenho de prática o ajudará a entregar o que planejou, assim como a atender as necessidades de seus jogadores. Alguns exemplos dos tipos de desenho de treino que você pode querer levar em consideração: Prática da técnica, Pequenos jogos, Inteiro – Parte – Inteiro, Circuito de habilidades, etc. Uma abordagem baseada em desafios é também aquela que permite aos treinadores simplesmente planejar jogos específicos para os jogadores durante toda a sessão para ajudar no seu aprendizado em torno do tópico ou no que eles, como indivíduos, estão focando.

Entrega – Agora que você planejou sua sessão, é hora de entender como você vai realizá-la. Qual será seu estilo de treinamento? Por exemplo, será baseado no comando, fará com que seus jogadores pensem e deem suas opiniões, ou fará perguntas aos jogadores ao longo de toda a sessão para verificar sua compreensão. Como você vai facilitar o aprendizado deles, ou seja, será uma sessão liderada por um jogador ou você a liderará?

Revisão – Depois de entregar sua sessão, é importante que você a reveja, você mesmo ou com outros colegas com os quais você estava trabalhando. Para rever uma sessão, um processo pode ser que você faça perguntas (o que correu bem? o que eu faria de diferente? o que mudarei da próxima vez?). Para uma melhor revisão, pode ser que você procure rever cada uma das áreas descritas acima, isto é, você atingiu os objetivos da sessão? Você atendeu as necessidades de cada um dos jogadores que você queria focar? Você foi bem sucedido no entendimento dos jogadores sobre o tópico de treinamento? O desenho da prática funcionou? Seu estilo de treinamento foi adequado para os jogadores e para o tópico e você foi capaz de transferir o aprendizado de forma eficaz?

Fase do Planejamento:

O professor William M.K. Trochim, esboça um processo que os técnicos podem desejar seguir através do Ciclo de Planejamento e Avaliação. Embora isso possa não ser totalmente orientado para os treinadores esportivos, os princípios da fase de planejamento e avaliação definidos por Trochim podem certamente repercutir com os treinadores ao abordar o planejamento e avaliação de suas próprias sessões de treinamento. Este método pode ser um método que você deseja procurar como treinador e tentar aplicá-lo em seu próprio planejamento para suas sessões para seus jogadores.

Prof William M.K. Trochim

A história do grande intérprete e o ladrão de sessões”:

O grande intérprete é alguém que me intriga há vários anos. É um indivíduo que pode simplesmente observar uma sessão e saber do objetivo, assim como a forma como ela é entregue e adapta-la completamente e transformar em sua própria sessão. O grande intérprete observa de longe e de perto, e através da entrega, simplesmente pegando o que viu antes e transformando-o em algo que ele acredita que satisfará as necessidades de seus jogadores.

O ladrão de sessão é uma figura intrigante. Ele analisam a estrutura de cada sessão que vê e a entrega palavra por palavra, minuto por minuto como ele a tinha visto. Ele busca no mais alto nível os melhores exercícios e simplesmente reproduz. Ele nunca está feliz, sempre procura novas sessões e não se acomoda.

O ladrão de sessões, por mais recursos que tenha, por alguma razão não é capaz de reproduzir as sessões que levou para os seus próprios jogadores, e faz exatamente como viu antes. Quando a sessão não funciona, ele passa para a próxima e não olha para trás, na busca da próxima melhor sessão. Vez após vez.

Já o grande intérprete, a abordagem é diferente. Ele se baseia na sessão que viu, observa a idéia e se inspira para fazer dela sua própria sessão. Além disso, ele revisa e adapta o plano para atender às necessidades de seus jogadores.

Nenhuma das duas maneiras está certa ou errada. Todos nós precisamos ser o “ladrão”, mas o principal é interpretá-la e torná-la própria e certa para nossos jogadores dentro de nosso próprio ambiente.